Entrevista TOPVIEW: uso de carvão nos cosméticos

A dermatologista da Neoderme Giseli de Mattos Diosti Stein está na edição de fevereiro da Revista TOPVIEW, edição 208. Ela falou sobre o uso do carvão mineral nos cosméticos e se o produto é realmente eficaz para uma pele bonita e saudável.

Veja também:

:: Entrevista RICTV: dicas para se prevenir do câncer de pele

:: Entrevista Rádio Mais: tratamentos estéticos no pós-parto

:: Entrevista Bem Paraná: dicas para escolher uma clínica de estética com segurança

Confira abaixo a matéria – ou clique aqui para acessar a revista.

*
*
*
*

Revista TOPVIEW 208 | 02 de fevereiro de 2018 / Editoria: Moda e Beleza

*Por Gabrielle Comandulli

DIAMANTE NEGRO

Esfoliante e com o poder de minimizar a oleosidade, o carvão ativado invade a fórmula dos cosméticos. Será o novo segredo para a pele perfeita?

Chega de pele excessivamente oleosa! É isso o que o carvão ativado, um tipo especial do mineral, promete quando usado na rotina da beleza. O ingrediente de origem vegetal, além de deixar a pele menos brilhosa, faz uma leve esfoliação, removendo as células mortas. E os benefícios não se limitam à pele: o cabelo também pode ganhar hidratação e limpeza profunda em shampoos a seco.

Trata-se, inclusive, de um velho conhecido de rituais de beleza caseiro, sendo acrescentado a máscaras faciais para um efeito instantâneo – o que não é recomendado por especialistas. “As partículas de carvão grosseiras podem irritar a pele”, adverte a dermatologista Giseli de Mattos Diosti Stein. Segundo ela, pessoas com pele secas e sensíveis devem evitá-lo, mesmo em cosméticos testados: “Se utilizado em peles secas, pode piorar a desidratação e provocar descamação. Ou, em peles sensíveis, pode provocar coceiras, alergias e vermelhidão”, acrescenta.

Mas os benefícios fazem com que cada vez mais marcas utilizem o carvão ativado, a exemplo de M.A.C e Lush, em diferentes produtos, dos sabonetes e máscaras aos pincéis. Sua alta capacidade de retirar o brilho da pele de forma rápida e eficaz ainda vai dar o que falar.