Rua Carneiro Lobo, 468 - 12o Andar, Batel - Curitiba PR

contato@neoderme.com.br

Endereço

Rua Carneiro Lobo, 468 - 12o Andar, Batel - Curitiba PR

Contato

contato@neoderme.com.br

Acne

O que é

A acne é uma das doenças de pele mais comuns que existe. É um distúrbio da unidade pilossebácea, que envolve a glândula sebácea. São mais comuns na face, mas podem aparecem também nos ombros, costas e peito. Os principais sintomas são os comedões (cravos), lesões com pus, nódulos e cistos inflamados, que podem gerar dor e deixar cicatrizes.

As espinhas afetam adolescentes – cerca de 90% de ambos os sexos e na vida adulta o problema também pode prejudicar homens e mulheres.

Principais causas

Os principais responsáveis pelas alterações das características da pele são os hormônios sexuais que começam a ser produzidos na puberdade. Com isso há o aumento da oleosidade e o consequentemente aparecimento da acne (cravos, espinhas, nódulos, cicatrizes).

Espremer espinhas

A primeira reação ao ver uma espinha é espremê-la. Mas essa atitude é contraindicada pelos dermatologistas, pois ao espremer uma espinha corre-se o risco de gerar uma quebra na barreira natural da pele, formando uma porta de entrada para bactérias.

O ato de manipular as espinhas, além de não resolver o problema, acaba piorando a inflamação já existente dentro do folículo, aumentando o risco de manchas e cicatrizes na pele por conta da piora da inflamação. O tratamento correto da acne garante controle de inflamação e consequentemente clareamento das manchas.

Higiene da pele

Fazer limpeza de pele com frequência ajuda a não ter espinhas. A recomendação é fazer a limpeza de pele mensal. Se realizada com a frequência recomendada, ela confere uma pele com menos oleosidade, mais jovem e mais saudável.

Além disso, quem tem pele oleosa precisa de cuidados especiais. A limpeza deve ser feita com sabonetes leves, de preferência com pH adequado (5,5), e água morna ou fria. Outra dica é evitar a lavagem em excesso – máximo de duas vezes ao dia -, usar filtro solar e hidratantes específicos para pele oleosa.

Prevenção

Além da higienização correta da pele, cuidar da alimentação ajuda na melhora dos quadros de acne. Ter uma alimentação balanceada, evitando o excesso de carboidratos, ajuda a ter uma pele com menos acne.

Recentemente foi elucidado o mecanismo pelo qual a dieta rica em carboidratos piora a acne. A ingesta de carboidratos simples gera um aumento da glicemia do sangue e consequentemente aumenta a produção de insulina. A insulina no fígado estimula a produção do hormônio IGF-1, que ao se ligar nos receptores celulares da pele, estimula a inflamação da acne.

Tratamento

Para o controle da acne, é indicado o uso de sabonetes, filtros solares, hidratantes adequados para pele oleosa e retinoides tópicos, sendo que estes medicamentos auxiliam na uniformização da pele e na regularização da produção sebácea.

Além disso, antibióticos orais da classe das tetraciclinas são utilizados com ação anti-inflamatória e antimicrobiana por um período curto (1-3 meses no máximo). Para casos extensos ou mais graves é indicado o uso da isotretinoína, medicamento que revolucionou o tratamento da acne, porém totalmente contraindicado quando há possibilidade de gravidez, pois pode causar graves danos ao feto.

Agende sua avaliação

    Open chat