Delicada e considerada por muitos especialistas a porta de entrada do organismo, a pele na primeira infância é mais vulnerável que a dos adultos, ou seja, quanto mais novo o pequeno for, mais imaturo e vulnerável esse órgão será. Dessa forma, os riscos de absorção de substâncias tóxicas aumentam, por isso a atenção em relação ao uso de produtos e exposição solar precisa ser redobrada.

A fim de auxiliar todos os papais de plantão, separamos algumas dicas e cuidados, confira:

:: Escolha o protetor ideal: utilize sempre a linha kids de protetores solares. Eles apresentam uma composição mais suave e são desenvolvidos exclusivamente para a pele infantil. Não utilize protetor de adulto em criança;

:: Reaplique o protetor: nas crianças acima de 6 meses, aplique o protetor solar com FPS 30 ou maior, 15 a 30 minutos antes da exposição, e repita a aplicação a cada 2h (principalmente se a criança entrar na água). Em ambiente urbano, aplique o protetor solar diariamente nas áreas mais expostas ao sol (principalmente rosto, braços e pescoço) a cada 3h;

:: Sinais na pele: fique atento aos sinais na pele das crianças, tais como pintas gigantes. Embora raras, elas possuem importância pois é fator de risco para câncer de pele;

:: Outros tipos de proteção: além do protetor solar, invista em chapéus, bonés e óculos para a criançada. Na praia, por exemplo, a dica é usar chapéu de abas largas que cubra a face, orelhas e nuca.

Gostou das dicas? Cuide da pele da criança desde o nascimento e busque sempre orientação de um médico dermatologista! Se ainda está em dúvida sobre quais produtos de proteção utilizar no seu filho(a), entre em contato conosco e agende uma consulta:

📲(41) 9 9225-1119.