Urticária Crônica Espontânea tem tratamento?

Não é difícil encontrar pessoas com alergia a pelos de animais, a alguma comida ou até mesmo a algum produto de beleza – geralmente a alergia se apresenta na forma de uma coceira aqui, outra acolá. Mas como saber se é uma simples alergia passageira ou algo que merece atenção? Se a coceira se caracterizar por lesões elevadas, vermelhas e inchadas, que coçam muito e se prolongam por mais de seis semanas, podemos estar diante da Urticária Crônica Espontânea (UCE).

Giseli de Mattos Diosti Stein, dermatologista da Clínica Neoderme e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explicou, no entanto, que nem toda coceira é urticária. Portanto, a avaliação com o especialista é fundamental para o diagnóstico correto.

urticaria-cronica-espontanea-coceira

Nem toda coceira pode ser considerada urticária.

“Em alguns casos a coceira desaparece em 24h, o que definimos como urticária aguda. Por isso, é importante estabelecer essa diferença. Sempre aconselhamos que o paciente que tiver alguns desses sintomas procure um especialista pois existe tratamento para controlar o quadro e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida dele”, ressaltou a médica.

Veja também:

:: Principais benefícios da drenagem linfática

:: Espinhas também podem afetar homens e mulheres na fase adulta

:: Conheça os benefícios da vitamina D

uce-coceira-doença-autoimune

A UCE é causada pelo próprio organismo.

Outras características da UCE
A Urticária Crônica Espontânea pode se manifestar com mais frequência em homens e mulheres na faixa etária entre 20 a 40 anos. Ela não é causada por alimentos, produtos de limpeza nem por qualquer outro fator externo. A UCE é uma doença autoimune, ou seja, causada pelo próprio corpo. Segundo a doutora Giseli, cerca de 40 a 50% dos pacientes com UCE têm inchaço (angiodema) associado.

“O angioedema é um edema profundo que pode atingir lábios, pálpebras, face, mãos, pés e mucosa do trato respiratório e gastrointestinal. Quando ele atinge o trato respiratório pode causar dificuldade respiratória”, lembrou.

A duração do angioedema vai depender se a causa foi ou não identificada. Para causas não identificáveis, o angioedema pode ser mais duradouro.

tratamento-uce-qualidade-de-vida-neoderme-curitiba

A maioria dos casos de UCE se resolve com seis semanas de tratamento.

Tratamento da UCE
Pacientes com urticária crônica espontânea acabam sofrendo com a coceira característica e a formação de lesões pelo corpo, impactando diretamente suas rotinas e a qualidade de vida. De acordo com a especialista, a UCE tem tratamento e pode, sim, ser controlada.

“A urticária crônica não apresenta nenhum risco maior à saúde – não é contagiosa, mas é claro que muitos pacientes que têm esse problema sentem vergonha em usar roupas que mostrem os braços, pernas e demais partes do corpo, por exemplo. A maioria dos casos de urticária crônica se resolve com menos de seis semanas de tratamento. Uma pequena porcentagem dos pacientes necessita de tratamento mais longo, que geralmente são os pacientes que possuem urticária crônica autoimune”, explica Giseli.

O tratamento geralmente é feito com anti-histamínicos e alguns pacientes necessitam de doses mais altas para controle do quadro. Para casos selecionados (pacientes que não responderam à medicação habitual), os anticorpos monoclonais anti-IgE (no tratamento da asma e de outras manifestações relacionadas à doença alérgica) têm mostrado bom resultado.

uce-novartis-ator-eriberto-leao

Para mais informações, acesse: saude.novartis.com.br/urticaria/

Divulgação na mídia
Nas últimas semanas, a UCE tem sido divulgada nos meios de comunicação por meio de ações da Novartis, empresa global com mais de 80 anos no Brasil e que foca seu trabalho nos cuidados com a saúde de pacientes no mundo todo. O ator Eriberto Leão ilustra a campanha e é o embaixador da UCE.

Sobre Giseli de Mattos Diosti Stein
Giseli de Mattos Diosti Stein é graduada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em Clínica Médica pelo Hospital de Clínicas da UFPR e especialista em Dermatologia pelo Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas da UFPR. Possui título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é membro efetivo da SBD e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Também é membro efetivo do Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM) e membro efetivo do International Academy of Cosmetic Dermatology (IACD).

Sobre a Neoderme
A Neoderme é a mais nova referência nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e cosmética de Curitiba. Com equipe multidisciplinar, a clínica possui estrutura moderna, espaço aconchegante e tecnologia de ponta, sempre comprometida com a ciência, ética médica e bem-estar dos pacientes.

Localizada no bairro Batel, a Neoderme conta com localização privilegiada e possui amplo horário de atendimento: de segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos sábados, das 9h às 13h.

SERVIÇO

Neoderme

Endereço: Rua Carneiro Lobo, nº 468, 12º andar / Centro

Empresarial Champs Elysees

Bairro: Batel / Curitiba – PR

Telefone: (41) 9 9225-1119 / 3077-5060 / 9 8885-4907

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 20h; sábado, das 9h às 13h.

Atendimento telefônico: segunda a sexta, das 8h30 às 18h30.

Site: www.neoderme.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/neoderme/

Instagram: www.instagram.com/neoderme

YouTube: Neoderme Dermatologia e Estética

Foto: Divulgação/www.saude.novartis.com.br/urticaria/