>> PROMOÇÃO: remoção de tatuagem a laser em Curitiba. Clique aqui e saiba mais!

Tatuagem é para sempre? Não precisa ser. Com as tecnologias a laser disponíveis atualmente é possível fazer a remoção de tatuagem e obter resultados satisfatórios. No entanto, os resultados no procedimento vão depender de algumas variáveis como cor, mistura de pigmento, densidade do pigmento na pele, localização no corpo e tipo de pele.

Tipos de laser para remoção de tatuagem
Os lasers mais utilizados para o tratamento de tatuagens são os lasers do tipo Q-switched, que são lasers que emitem pulsos de energia muito altos em um período muito curto de tempo (nanossegundos). Isso permite que o tratamento seja mais eficaz e com menos riscos. Existem lasers Q-switched com variados comprimentos de onda, cada um sendo indicado dependendo da cor da tatuagem.

Quantidade de sessões
O pigmento da tatuagem leva várias sessões para ser reabsorvido pela pele. Geralmente são recomendadas no mínimo 6 sessões. A partir de 6 semanas o pigmento começa a reduzir. Mas como comentado anteriormente, existe uma série de fatores para que a remoção da tatuagem tenha sucesso (tamanho, cor, pigmento, tempo da tatuagem). Cada desenho tem características próprias, bem como o organismo do paciente.

Antes de procedimento
A dica é que o paciente não se exponha ao sol antes do procedimento, pois a pele bronzeada compete na absorção da luz do laser, aumentando o risco de bolhas e manchas após as sessões. Também é importante informar quais medicamentos o paciente está usando.

Após o procedimento
Imediatamente após a aplicação do laser aparece vermelhidão, inchaço e a área da tatuagem fica branca. Pode também ocorrer um pequeno sangramento e até bolhas. Logo na sequência começam a se formar algumas crostas que desaparecem em 7 a 10 dias.

Após a remoção, é recomendado o uso de cremes cicatrizantes e calmantes no local, o uso de filtro solar, e evitar a exposição solar.

Outras orientações
O paciente deve ter uma expectativa bem realista quanto ao resultado da remoção de tatuagem, por isso é importante uma consulta com especialista para que ele avalie o caso. Os pigmentos coloridos podem não sair completamente e necessitar de vários tipos de laser para o clareamento.

A remoção de tatuagem ao redor dos olhos requer atenção especial devido à localização. Tatuagens nos antebraços e pernas também apresentam um grau maior de dificuldade de remoção.

Pacientes com psoríase e vitiligo podem tratar as tatuagens com laser, mas nesses casos o ideal é que seja feita uma área de teste antes do início das sessões.

A tatuagem que você fez há anos já não faz mais sentido pra você? Agende um horário – (41) 9 9225-1119 – e converse com nossas especialistas sobre a remoção de tatuagem.


Consulte seu dermatologista antes de qualquer procedimento. Os resultados podem variar de acordo com o paciente. Estas informações não substituem uma consulta médica.

Diretora técnica: Dra. Giseli de Mattos Diosti Stein – Dermatologia | CRM-PR 22818 / RQE 462

Entre em contato