Rua Carneiro Lobo, 468 - 12o Andar, Batel - Curitiba PR

contato@neoderme.com.br

Endereço

Rua Carneiro Lobo, 468 - 12o Andar, Batel - Curitiba PR

Contato

contato@neoderme.com.br

Flacidez

A flacidez pode atingir o rosto e o corpo, e faz parte do processo natural e vem com o envelhecimento. À medida que a idade avança, a pele vai ficando mais frágil e suscetível ao aparecimento da flacidez, queixa frequente de homens e mulheres nos consultórios dermatológicos.

Como a pele é maior órgão do corpo e o que mais reflete os efeitos do tempo, é preciso cuidar dela investindo numa boa alimentação e escolhendo um estilo de vida saudável. A flacidez da pele pode ser agravada caso o paciente tenha maus hábitos, tais como tabagismo, alimentação rica em açúcar e gordura e sedentarismo.

Após os 25 anos, a pele passa a produzir menos colágeno (proteína que dá estrutura e elasticidade à pele) e, além disso, inicia-se um processo de degradação natural dele, que se acentua com o passar dos anos. Com isso, a pele vai ficando mais fina e mais flácida. Estima-se que após os 25 anos, nossa pele perca 1% de colágeno ao ano.

Após os 55 anos, a pele passa a ficar mais fina e seca, por uma perda acentuada das fibras elásticas e colágenas, e por uma perda da hidratação natural da pele. A deficiência de hormônios como estrógenos e andrógenos resultam na degradação de colágeno, ressecamento, perda da elasticidade, atrofia e enrugamento da pele.

Outros fatores que contribuem para a flacidez da pele é o envelhecimento extrínseco, provocado por estímulos externos, como o excesso de exposição solar, tabagismo, má alimentação, estresse, excesso de álcool, entre outros.

Prevenção

Para prevenir a flacidez da pele, é importante mudar alguns hábitos. Ao se expor ao sol, por exemplo, seja na praia ou no dia a dia, é fundamental o uso do protetor solar, já que o sol afeta a produção de colágeno e a elasticidade da pele.

Outra dica é manter uma alimentação saudável e rica em alimentos ricos em colágeno, como carnes, ovos e peixes (fontes de proteínas e de vitaminas B6 e B12), feijão, brócolis e ervilha (fontes de ácido fólico), cerejas, uvas, soja (contêm flavonoides, que estimulam a renovação celular) e aveia e leguminosas (ricos em silício, mineral indicado para auxiliar na manutenção da rigidez das células).

É importante, ainda, manter uma rotina de hidratação da pele com o uso de cremes à base de retinol, ácido glicólico, elastina, colágeno, vitaminas C e E, pois ajudam a prevenir a flacidez da pele.

Vale lembrar que a atividade física também auxilia na prevenção da flacidez. Fazer musculação, por exemplo, estimula o tônus muscular e diminui o tecido adiposo.

Tratamentos

Ultraformer III

Melhora da flacidez e tônus da pele, além de promover efeito lifting de face e pescoço, rugas e poros superficiais. Também é indicado para a melhora do contorno facial, redução de papada e bochecha.

Carboxiterapia

Através da aplicação de gás carbônico (CO2) sob a pele, a carboxiterapia estimula o metabolismo celular localizado. O procedimento melhora o aspecto da área com celulite, elimina gordura localizada e atenua a flacidez da pele.

Radiofrequência

As ondas de radiofrequência geram calor intenso nas camadas mais profundas da pele, causando estímulo imediato das fibras de colágeno, proteína produzida naturalmente pelo corpo e responsável por manter a elasticidade e firmeza da pele.

Microagulhamento

São microagulhas em um rolo giratório de aço inoxidável que perfuram a pele para facilitar a penetração de substâncias com fatores de crescimento, estimulando a renovação celular.

Sculptra®

Indicado para flacidez facial e corporal, correção de sulcos e rugas superficiais a profundas e melhora do contorno facial.

Agende sua avaliação

    Open chat