Pele queimada do sol: e agora?

Mesmo com o verão próximo do fim – pouco mais de duas semanas para o outono começar -, muitas mulheres ainda buscam por uma pele mais bronzeada nesse finzinho de estação, seja numa ida à praia ou ao clube no fim de semana. Mas e se depois de tomar sol a pele ficar vermelha? De acordo com a dermatologista da Neoderme e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) Giseli de Mattos Diosti Stein, se mesmo usando protetor a pele ficar mais ‘rosada’, é sinal de que o FPS foi aplicado errado.

“Se a pele ficou vermelha mesmo tendo sido aplicado o filtro solar, alguns erros podem ter acontecido: o FPS utilizado não foi o adequado para a pele do paciente em questão; a quantidade de filtro aplicada sobre a pele não foi adequada; o tempo de reaplicação não foi respeitado, e o tempo de exposição foi excedido”, lembra a dermato.

Veja também:

:: 8 coisas que você precisa saber sobre as espinhas

:: Entrevista e-Paraná: fique atento a manchas e pintas na pele

:: Entrevista TOPVIEW: uso de carvão nos cosméticos

O histórico de queimaduras solares aumenta o risco de câncer de pele, mesmo em pessoas jovens. Além disso, queimaduras solares repetidas aceleram o envelhecimento da pele.

Alteração no DNA celular
A especialista também explicou que todo bronzeamento induzido pelo sol decorre da ação da radiação ultravioleta na epiderme. “Para que o bronzeado aconteça é necessário que a radiação exerça um efeito no DNA das células da pele. Portanto, todo bronzeado vem acompanhado de alteração no DNA celular. Quando o bronzeado ocorre com uma queimadura solar (vermelhidão e descamação), os danos são ainda maiores, com um aumento considerável no risco de câncer de pele ao longo dos anos”, ressalta Giseli.

Bronzeamento artificial
As câmaras de bronzeamento foram proibidas pela Anvisa em 2009, e desde então, muita gente recorre ao bronzeamento artificial. O bronzeamento artificial do tipo jet bronze é feito através da aplicação de uma névoa de uma substância chamada dihidroxiacetona, que em contato com a pele produz uma coloração amarronzada, levando ao bronzeamento. É um procedimento de ação superficial, seguro, e de duração temporária.

Autobronzeadores com filtro solar
Nas farmácias e supermercados é possível encontrar diversos tipos de autobronzeadores com filtro solar. De acordo com Giseli, eles são confiáveis desde que tenham FPS maior ou igual a 30, e podem ser utilizados com segurança. Mas ela faz um alerta: “o uso exclusivo de autobronzeadores com FPS menor que 15 não é indicado para proteção solar”.

Alimentos que ajudam no bronzeado
Alimentos ricos em betacaroteno devem estar no cardápio de quem quer manter o bronzeado. Segundo a especialista, os alimentos que contêm betacaroteno dão um tom acastanhado/amarelado à pele pelo depósito dos carotenóides na superfície cutânea, além de terem efeito antioxidante e aumentarem a proteção da pele contra a radiação ultravioleta.

”Quem quiser uma pele mais bronzeada, pode investir em alimentos com maior concentração de betacaroteno, que são a cenoura, a manga, o mamão e o damasco”, finalizou.

Sobre Giseli de Mattos Diosti Stein
Giseli de Mattos Diosti Stein é graduada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em Clínica Médica pelo Hospital de Clínicas da UFPR e especialista em Dermatologia pelo Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas da UFPR. Possui título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é membro efetivo da SBD e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Também é membro efetivo do Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM) e membro efetivo do International Academy of Cosmetic Dermatology (IACD).

Sobre a Neoderme
A Neoderme é a mais nova referência nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e cosmética de Curitiba. Com equipe multidisciplinar, a clínica possui estrutura moderna, espaço aconchegante e tecnologia de ponta, sempre comprometida com a ciência, ética médica e bem-estar dos pacientes.

Localizada no bairro Batel, a Neoderme conta com localização privilegiada e possui amplo horário de atendimento: de segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos sábados, das 9h às 13h.

Serviço:

Neoderme

Endereço: Rua Carneiro Lobo, nº 468, 12º andar / Centro Empresarial Champs Elysees

Bairro: Batel / Curitiba – PR

Telefone: (41) 9 9225-1119 / 9 8885-4907

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 20h; sábado, das 9h às 13h.

Atendimento telefônico: das 8h30 às 18h30

Site: www.neoderme.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/neoderme/

Instagram: www.instagram.com/neoderme

YouTube: Neoderme Dermatologia e Estética