A cirurgia dermatológica é uma área de atuação da dermatologia que abrange diversos procedimentos, sejam eles diagnósticos, cirúrgicos, cosmiátricos ou oncológicos.

O profissional que realiza tais procedimentos é obrigatoriamente um médico dermatologista, com título de especialista em dermatologia e aprovado em concurso pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Deste modo, aliado ao conhecimento clínico da fisiologia da pele e de suas patologias, soma-se o domínio das técnicas cirúrgicas, assegurando mais segurança aos pacientes tratados.

A cirurgia dermatológica engloba desde tratamentos para melhorar a qualidade de vida e a autoestima de seus pacientes, como peelings e preenchimentos, por exemplo, até tratamentos para câncer de pele, utilizando o que existe de mais moderno em terapêutica médica.

Ela pode ser dividida em:
– Cirurgia básica: biópsias, remoção de pintas, cistos, lipomas, unha encravada, siringomas, xantelasma.
– Cirurgia avançada: retirada de tumores e cânceres de pele, enxertos, retalhos, correção de cicatrizes.
– Cirurgia corretiva: tratamento de cicatrizes de acne, tatuagens, cicatrizes cirúrgicas, quelóides, orelha rasgada.
– Procedimentos estéticos: toxina botulínica, lasers, preenchimentos, peelings químicos, fios de sustentação, dentre outros.

Dentre os procedimentos realizados, podemos destacar:

  • – cirurgia de câncer de pele
  • – remoção de pintas e sinais
  • – criocirurgia
  • – eletrocirurgia
  • – cirurgia de unha
  • – curetagem
  • – microcirurgia para cicatrizes de acne
  • – subcisão

O dermatologista é o profissional mais habilitado para indicar o melhor tratamento para o seu problema de pele. É ele quem avalia o problema e expõe ao paciente o tratamento mais indicado para cada caso.